O corindo é um mineral composto principalmente por alumínio óxido (Al2O3) e é uma das formas cristalinas naturais de óxido de alumínio. É um mineral muito duro e é comumente usado como abrasivo em várias aplicações industriais. O corindo também é conhecido por seu alto ponto de fusão e inércia química, tornando-o útil em aplicações refratárias.

O corindo é encontrado em várias cores, incluindo vermelho, azul, verde, amarelo, marrom e branco. A cor do corindo é determinada pela presença de certas impurezas, como ferro, crômioou titânio. Por exemplo, o corindo que contém impurezas de cromo aparecerá vermelho e é conhecido como rubi, enquanto o corindo que contém impurezas de ferro e titânio aparecerá azul e é conhecido como safira.

O corindo também é utilizado na fabricação de diversos produtos, como semicondutores, componentes eletrônicos e janelas óticas, devido à sua alta condutividade térmica e transparência ótica. Além disso, o corindo é usado como um gema e é valorizado por sua dureza e durabilidade, sendo o rubi e a safira as gemas mais populares e conhecidas feitas de corindo.

No geral, o corindo é um mineral versátil amplamente utilizado em várias aplicações industriais e comerciais, além de ser uma pedra preciosa popular.

Nome: Provavelmente do sânscrito kurivinda, para rubi, através do Tamil kurundam

Grupo Mineral: Hematita grupo.

Composição química do Corindo

O corindo é composto principalmente de óxido de alumínio (Al2O3), que representa mais de 95% de sua composição química. Além do alumínio e do oxigênio, o corindo pode conter pequenas quantidades de outros elementos como impurezas, que podem afetar sua cor e outras propriedades. Algumas impurezas comuns encontradas no corindo incluem ferro, cromo, titânio e vanádio. A presença dessas impurezas pode dar origem a variedades coloridas de corindo, como rubi (vermelho) e safira (azul). A composição química exata do corindo pode variar dependendo da fonte e do local onde é encontrado, mas o teor de óxido de alumínio continua sendo o principal componente em todos os casos.

Propriedades Físicas do Corindo

Cor Normalmente cinza a marrom. Incolor quando puro, mas vestígios de vários metais produzem quase qualquer cor. O cromo produz vermelho (rubi) e combinações de ferro e titânio produzem azul (safira).
Risca Incolor (mais duro que a placa listrada)
Brilho Adamantino para vítreo
Diafaneidade Transparente, translúcido a opaco
Decote Nenhum. O corindo exibe a divisão perpendicular ao eixo c.
Dureza de Mohs 9
Gravidade específica 3.9 a 4.1 (muito alto para um mineral não metálico)
Propriedades de diagnóstico Dureza, alta gravidade específica, cristais hexagonais às vezes afilando-se em forma de pirâmide, divisão, brilho, fratura concoidal
Sistema Cristal Hexagonal
Tenacidade Frágil
Despedida Separação romboédrica e basal {0001}, às vezes perfeita, mas interrompida; também em {1011} devido à exsolução (Boehmite), observada em grandes blocos (Geórgia, Estados Unidos).
Fraturar Irregular/irregular, concoidal
Densidade 3.98 – 4.1 g/cm3 (medido) 3.997 g/cm3 (calculado)

Propriedades ópticas do corindo

O corindo tem vários importantes propriedades ópticas que o tornam altamente valorizado como uma pedra preciosa. Aqui estão algumas das principais propriedades ópticas do corindo:

  1. Índice de refração: O índice de refração do corindo é relativamente alto, com um valor em torno de 1.76. Isso significa que a luz que passa pela pedra é dobrada em um ângulo relativamente agudo, o que pode criar uma aparência brilhante e brilhante.
  2. Birefringence: o corindo apresenta birrefringência, o que significa que divide a luz em dois raios ao passar pela pedra. Isso pode criar um efeito de imagem dupla em certas direções.
  3. Pleochroism: o corindo exibe pleocroísmo, o que significa que pode parecer ter cores diferentes quando visto de ângulos diferentes. Por exemplo, a safira azul pode parecer azul escuro quando vista de um ângulo e azul claro de outro ângulo.
  4. Dispersão: o corindo tem uma dispersão relativamente alta, o que significa que pode dividir a luz branca em suas cores componentes, criando um efeito de arco-íris.
  5. Transparência: o corindo de alta qualidade é altamente transparente, permitindo que a luz passe pela pedra sem absorção ou dispersão significativa.

No geral, as propriedades ópticas do corindo contribuem para sua beleza e valor como pedra preciosa, principalmente em espécimes de alta qualidade, como rubi e safira.

Formação e ocorrência de Corindo

O corindo se forma sob condições de alta pressão e alta temperatura, normalmente em metamórficos ou Rochas ígneas. Também pode se formar em placer depósitos, que são depósitos sedimentares que contêm minerais que foram erodidos de sua rocha original e transportados pela água ou pelo vento. A formação do corindo normalmente envolve a concentração de alumínio e materiais ricos em oxigênio, que podem reagir e cristalizar para formar o corindo.

O corindo é mais comumente encontrado em rochas metamórficas, como xisto e gnaisse, onde pode ocorrer como resultado de metamorfismo regional ou de contato. Nessas configurações, o corindo é normalmente associado a outros minerais de alta temperatura, como granada e sillimanite.

Corindo também pode ser encontrado em ígneas rochas, como granito e sienito, onde pode ocorrer como resultado de diferenciação magmática ou cristalização fracionada. Nessas configurações, o corindo é normalmente associado a outros minerais de alta temperatura, como feldspato e mica.

Para além da sua ocorrência em rochas, o corindo também pode ser encontrado em depósitos placer, nomeadamente em depósitos aluviais ou fluviais associados a rios e ribeiras. Nessas configurações, o corindo é normalmente encontrado como pequenos seixos arredondados ou grãos que foram erodidos de sua rocha original e transportados rio abaixo.

O corindo é encontrado em muitas partes do mundo, incluindo Austrália, Brasil, Índia, Madagascar, Mianmar, Sri Lanka, Tanzânia e Estados Unidos. A qualidade e a cor do corindo podem variar dependendo da localização e das condições geológicas específicas em que se formou.

Tipos de corindo

Corindo é um mineral que ocorre em uma variedade de cores e formas, cada uma com suas propriedades e características únicas. Alguns dos tipos mais conhecidos de corindo incluem:

  • Ruby: O rubi é a variedade vermelha do corindo e é colorido pela presença de impurezas de cromo. O rubi é uma das pedras preciosas mais valiosas e procuradas do mundo, valorizada por sua rica cor e durabilidade.
  • Safira: a safira é a variedade azul do corindo e, como o rubi, também é colorida pela presença de impurezas. A safira azul é a forma mais conhecida e popular de safira, mas a safira pode ocorrer em uma variedade de cores, incluindo rosa, amarelo, verde e roxo.
  • Padparadscha: Padparadscha é uma variedade rara e altamente valorizada de corindo que tem uma cor rosa-laranja. O nome “padparadscha” é derivado da palavra sânscrita para “flor de lótus”, e a pedra preciosa é altamente valorizada por sua cor única e bonita.
  • Safira que muda de cor: a safira com mudança de cor é um tipo de corindo que exibe um fenômeno chamado “efeito alexandrita”, em que a cor da pedra parece mudar dependendo das condições de iluminação. Essas pedras são tipicamente azuis à luz do dia e vermelho-arroxeadas sob luz incandescente.
  • Safira estrela: a safira estrela é um tipo de corindo que exibe um fenômeno chamado asterismo, onde um padrão de luz em forma de estrela aparece na superfície da pedra quando visto sob uma única fonte de luz. Este efeito é causado pela presença de inclusões em forma de agulha dentro da pedra.
  • Corindo Branco: O corindo branco é um tipo de corindo incolor ou branco na aparência. É normalmente usado como abrasivo devido à sua dureza e durabilidade.
  • Corindo Preto: o corindo preto é um tipo de corindo que é preto ou cinza escuro na aparência. É normalmente usado como abrasivo, bem como para aplicações refratárias devido à sua alta condutividade térmica e resistência química.

Usos de pedras preciosas de Corindo

O corindo é uma das pedras preciosas mais valiosas e apreciadas do mundo, e suas variedades são muito procuradas para uso em joias e outras aplicações decorativas. Aqui estão alguns dos usos mais comuns de pedras preciosas do corindo:

  1. Ruby: Ruby é a variedade vermelha do corindo, e é uma das pedras preciosas mais valiosas e procuradas do mundo. Os rubis são apreciados por sua cor vermelha profunda, causada pela presença de impurezas de cromo. O rubi é normalmente usado em joias sofisticadas, como anéis, colares e brincos.
  2. Safira: a safira é a variedade azul do corindo e também é altamente valorizada como pedra preciosa. A safira azul é a forma mais conhecida e popular de safira, mas a safira pode ocorrer em uma variedade de cores, incluindo rosa, amarelo, verde e roxo. A safira é normalmente usada em uma ampla variedade de joias, incluindo anéis, colares, pulseiras e brincos.
  3. Padparadscha: Padparadscha é uma variedade rara e altamente valorizada de corindo que tem uma cor rosa-laranja. É uma das gemas mais valiosas e procuradas do mundo, sendo normalmente utilizada em joias de alto padrão, como anéis e colares.
  4. Safira que muda de cor: a safira com mudança de cor é um tipo de corindo que exibe um fenômeno chamado “efeito alexandrita”, em que a cor da pedra parece mudar dependendo das condições de iluminação. Essas pedras são tipicamente azuis à luz do dia e vermelho-arroxeadas sob luz incandescente, e são valorizadas por sua cor única e bonita.
  5. Safira estrela: a safira estrela é um tipo de corindo que exibe um fenômeno chamado asterismo, onde um padrão de luz em forma de estrela aparece na superfície da pedra quando visto sob uma única fonte de luz. Esse efeito é causado pela presença de inclusões semelhantes a agulhas dentro da pedra e torna a safira estrela uma pedra preciosa altamente valorizada para uso em joias.

No geral, a excepcional dureza, durabilidade e bela cor do corindo o tornam uma pedra preciosa altamente valiosa e valorizada para uso em uma ampla gama de aplicações decorativas.

Usos industriais do corindo

O corindo tem vários usos industriais importantes, devido à sua excepcional dureza, estabilidade química e resistência ao calor. Alguns dos usos industriais mais comuns do corindo incluem:

  1. abrasivos: O corindo é um dos minerais mais duros conhecidos, tornando-o um excelente material abrasivo. É usado em uma variedade de aplicações abrasivas, como lixas, rebolos e ferramentas de corte.
  2. Refratários: o corindo é altamente resistente ao calor e ao ataque químico, tornando-o um material ideal para uso em aplicações refratárias. É usado para fabricar tijolos refratários, que são usados ​​em processos industriais de alta temperatura, como siderurgia e fabricação de vidro.
  3. Polimento e lapidação: O corindo também é usado como material de polimento e lapidação devido à sua dureza e tamanho de grão fino. É usado para polir e lapidar uma variedade de materiais, incluindo metais, vidro e cerâmica.
  4. Isoladores Elétricos: o corindo é um excelente isolante elétrico, tornando-o útil em aplicações elétricas e eletrônicas. É utilizado na fabricação de peças isolantes para equipamentos elétricos, como isoladores, disjuntores e buchas de alta tensão.
  5. Suporte de catalisador: O corindo também é usado como suporte de catalisador em diversos processos industriais. É usado para apoiar catalisadores na produção de produtos químicos, como amônia, metanol e hidrogênio.
  6. Gemas: cristais de corindo de alta qualidade, como rubi e safira, são pedras preciosas altamente valorizadas usadas em joias e outras aplicações decorativas.

No geral, a dureza, resistência ao calor e estabilidade química do corindo o tornam um material altamente valioso para uma variedade de aplicações industriais.

Valor econômico do corindo

O corindo tem um valor econômico significativo devido aos seus muitos usos industriais e de pedras preciosas. Aqui estão alguns dos fatores que contribuem para o valor econômico do corindo:

  1. Usos industriais: o corindo é amplamente utilizado em uma variedade de aplicações industriais, inclusive como material abrasivo, refratário, isolante elétrico e suporte de catalisador. Essas aplicações tornam o corindo um material importante para uma variedade de indústrias, incluindo manufatura, construção e eletrônica.
  2. valor da pedra preciosa: cristais de corindo de alta qualidade, como rubi e safira, são pedras preciosas altamente valorizadas usadas em joias e outras aplicações decorativas. A raridade e a beleza dessas pedras preciosas as tornam altamente valiosas e procuradas, com preços chegando a dezenas ou mesmo centenas de milhares de dólares por quilate.
  3. Raridade: embora o corindo seja um mineral relativamente comum, o corindo de alta qualidade com qualidade de gema é relativamente raro. Essa raridade contribui para o alto valor das gemas de corindo.
  4. Mineração e processamento: A mineração e o processamento do corindo exigem investimentos significativos em equipamentos, mão de obra e infraestrutura, o que também pode contribuir para o valor econômico do corindo.

No geral, a combinação de usos industriais e de pedras preciosas, raridade e custos de mineração e processamento contribuem para o valor econômico do corindo. O mercado global de corindo é significativo, com estimativas sugerindo um tamanho de mercado de vários bilhões de dólares anualmente.

Fatos interessantes sobre Corindo

Aqui estão alguns fatos interessantes sobre o corindo:

  1. O corindo é um dos minerais mais duros do mundo, com uma classificação de dureza Mohs de 9. Isso o torna um material ideal para uso como abrasivo.
  2. A variedade vermelha do corindo é chamada de rubi, enquanto a variedade azul é chamada de safira. Outras cores de corindo, como amarelo, rosa e verde, são chamadas de safiras sofisticadas.
  3. Acredita-se que o nome “corindo” venha da palavra tâmil “kurundam”, que significa “rubi”.
  4. O maior cristal de corindo já encontrado foi descoberto no Zimbábue em 1958. Ele pesava 3,546 quilates e media 205 mm x 163 mm x 100 mm.
  5. O corindo é encontrado em muitos tipos diferentes de rochas, incluindo granitos, basaltos e rochas metamórficas.
  6. Nos tempos antigos, acreditava-se que os rubis tinham poderes protetores e eram frequentemente usados ​​por guerreiros que iam para a batalha.
  7. A cor do corindo pode ser alterada através do processo de tratamento térmico, o que pode melhorar a clareza e a intensidade da cor da pedra.
  8. O corindo tem alta condutividade térmica, tornando-o útil como material de isolamento térmico.
  9. As safiras estelares exibem um fenômeno conhecido como asterismo, onde uma estrela de seis pontas aparece na superfície da pedra quando vista sob uma única fonte de luz.
  10. O corindo é utilizado na fabricação de luminárias de LED, pois o material possui alta transparência e durabilidade.

Distribuição

Corindo é um mineral amplamente distribuído encontrado em muitas partes do mundo. É encontrado em muitos tipos diferentes de rochas, incluindo granitos, basaltos e rochas metamórficas. Aqui estão alguns dos principais locais onde o corindo é encontrado:

  1. Índia: A Índia é um dos maiores produtores de corindo do mundo, com depósitos encontrados nos estados de Tamil Nadu, Andhra Pradesh e Karnataka.
  2. Madagascar: Madagascar é conhecido por produzir corindo de alta qualidade, principalmente safiras. Os depósitos são encontrados em várias áreas do país, incluindo Ilakaka, Ambondromifehy e Sakaraha.
  3. Sri Lanka: O Sri Lanka é outro grande produtor de corindo, particularmente safiras azuis. Os depósitos são encontrados em várias áreas do país, incluindo o distrito de Ratnapura.
  4. Austrália: A Austrália é um produtor significativo de corindo, particularmente na forma de safiras. Os depósitos são encontrados em várias áreas, incluindo Nova Gales do Sul, Queensland e Victoria.
  5. Myanmar (Birmânia): Myanmar é conhecida por produzir alguns dos melhores rubis e safiras do mundo. Os depósitos são encontrados em várias áreas do país, incluindo Mogok, Mong Hsu e Kachin State.
  6. Estados Unidos: Depósitos de corindo são encontrados em vários locais nos Estados Unidos, incluindo Carolina do Norte, Montana e Wyoming.
  7. Tailândia: A Tailândia é conhecida por produzir rubis e safiras de alta qualidade, principalmente na província de Chanthaburi.
  8. Tanzânia: A Tanzânia é uma fonte relativamente nova de corindo, com depósitos encontrados no Vale de Umba e no distrito de Tunduru.

No geral, o corindo é encontrado em muitas partes diferentes do mundo, e sua ampla distribuição contribui para seu valor econômico e importância em muitas indústrias.

Perguntas frequentes

P: O que é corindo?

R: O corindo é um mineral que consiste em óxido de alumínio (Al2O3). É um mineral muito duro, com uma classificação de dureza Mohs de 9, e é comumente usado como abrasivo.

P: Quais são as diferentes cores do corindo?

R: As cores mais conhecidas do corindo são rubi (vermelho) e safira (azul). No entanto, o corindo também pode ocorrer em outras cores, como amarelo, rosa, verde e roxo.

P: Como é formado o corindo?

R: Corindo é formado através do processo de metamorfismo, que envolve a alta pressão e alta temperatura alteração de rochas pré-existentes. Também pode se formar em rochas ígneas através do processo de cristalização fracionada.

P: Onde é encontrado o corindo?

R: O corindo é encontrado em muitas partes do mundo, incluindo Índia, Madagascar, Sri Lanka, Austrália, Mianmar, Estados Unidos, Tailândia e Tanzânia.

P: Para que serve o corindo?

R: O corindo é usado para diversos fins industriais e comerciais, inclusive como abrasivo, na fabricação de materiais refratários, na produção de lâmpadas LED e como pedra preciosa em joias.

P: Como o corindo é diferente do diamante?

R: O corindo e o diamante são minerais duros, mas o diamante é mais duro que o corindo e tem uma classificação de dureza Mohs de 10. O diamante também é um mineral totalmente diferente, consistindo de carbono puro, enquanto o corindo é composto de alumínio e oxigênio.

P: Qual é a cor mais valiosa do corindo?

R: As cores mais valiosas do corindo são tipicamente vermelho (rubi) e azul (safira), com pedras de alta qualidade com preços altos no mercado de pedras preciosas.

P: Como posso saber se uma pedra é corindo?

R: O corindo é relativamente fácil de identificar devido à sua dureza e alto índice de refração. Um simples teste de arranhão usando outro mineral com classificação de dureza mais baixa pode ser usado para determinar se uma pedra é corindo. Além disso, o corindo normalmente tem uma forma de cristal característica e pode exibir pleocroísmo e birrefringência quando visto ao microscópio.

P: O corindo pode ser tratado ou aprimorado?

R: Sim, o corindo pode ser tratado ou aprimorado para melhorar sua aparência ou cor. Um tratamento comum é o tratamento térmico, que pode melhorar a clareza e a cor de certos tipos de corindo. Outros tratamentos incluem o tratamento de difusão, que introduz outros elementos na estrutura do cristal para criar cores diferentes, e o preenchimento de fraturas, que envolve o preenchimento de fraturas que atingem a superfície com uma substância para melhorar a clareza da pedra.

P: O corindo é um mineral raro?

R: O corindo não é um mineral raro, pois é encontrado em muitas partes do mundo e é relativamente abundante. No entanto, espécimes de pedras preciosas de alta qualidade de corindo podem ser raros e valiosos, especialmente em certas cores ou com clareza excepcional.

P: O corindo pode ser sintetizado em laboratório?

R: Sim, o corindo pode ser sintetizado em laboratório usando uma variedade de métodos. O corindo sintético pode ser usado para diversos fins industriais e comerciais, inclusive como abrasivo e na produção de lâmpadas LED. No entanto, o corindo sintético não é normalmente usado como pedra preciosa devido à sua falta de raridade e exclusividade.

P: Qual é o maior corindo já encontrado?

R: O maior cristal de corindo já encontrado pesava aproximadamente 750 libras (340 quilos) e foi descoberto no distrito de Ratnapura, no Sri Lanka, em 1902. O cristal era uma safira azul e recebeu o nome de “Estrela de Adão”.

P: Qual é a história do corindo na joalheria?

R: O corindo tem sido usado como pedra preciosa em joias há séculos, com o rubi e a safira sendo altamente valorizados pela realeza e pelos ricos ao longo da história. Os antigos gregos e romanos valorizavam o corindo por sua beleza e acreditavam que ele tinha poderes protetores. Na Idade Média, o rubi e a safira eram usados ​​em joias religiosas e, durante o Renascimento, eram populares entre a nobreza.

P: Qual é a diferença entre corindo sintético e natural?

R: O corindo sintético é produzido em laboratório, enquanto o corindo natural é formado por processos geológicos naturais. O corindo sintético pode ser usado para uma variedade de fins industriais, enquanto o corindo natural é normalmente usado como pedra preciosa em joias. Embora o corindo sintético possa ter uma composição química e propriedades físicas semelhantes ao corindo natural, ele não é considerado tão valioso ou único quanto os espécimes naturais devido à sua falta de raridade e distinção.

P: O corindo pode ser encontrado em meteoritos?

R: Sim, o corindo foi encontrado em meteoritos, principalmente naqueles originários da Lua e de Marte. Esses cristais de corindo são tipicamente muito menores do que os encontrados na Terra e são frequentemente incluídos em outros minerais.

Referências

  • Bonewitz, R. (2012). Rochas e minerais. 2ª ed. Londres: DK Publishing.
  • Handbookofmineralogy.org. (2019). Manual de Mineralogia. [online] Disponível em: http://www.handbookofmineralogy.org [Acessado em 4 de março de 2019].
  • Mindat.org. (2019). Corindo: Informações minerais, dados e localidades.. [online] Disponível em: https://www.mindat.org/min-727.html [Acessado em 4 de março de 2019].